|Let me fly away with you|.|Give me more than one caress, satisfy this hungriness|.|Let the wind blow through your heart|.|For wild is the wind, wild is the wind|.|For we're like creatures of the wind, and wild is the wind|.|Wild is the wind…|

12
Fev 06
Foi junto à praia que nasceste. No meio da areia, sentada nas rochas. Ali estava a aparecer a tua primeira folha. Tão frágil, tão bonita. Meia insegura, meia perdida esperava por uma gota que a fizesse crescer.
Dei-te um beijo e novas folhas apareceram, envolvendo-me com carinho. Alimentei-te com beijos, abraços e carinhos e tu envolvias-me com esses braços repletos de folhas.
A cada dia que passava te tornavas mais maravilhosa, minha flor. Como te tornaste graciosa!
Quando te pude olhar de novo já tinhas flores nos teus ramos. E esse perfume, que elas libertavam, percorria-me de forma sublime. Senti o meu corpo inundado, até às entranhas mais profundas, por esse perfume doce. Lançavas-me borrifadelas desse néctar viciante. Nunca sentira nada de tão único.
Minha flor...
Como cresceste! Cheia de beleza e magia.
Como gostaria de poder observar, bem perto, as mudanças do teu corpo; o ritmo do nascer de cada folha, cada pétala, cada caule ou ramificação nova...
O teu nome? Chamar-te-ei Rosmaninho, devido à essência do teu perfume.
E espero, em breve, poder olhar-te de novo. Descobrir novas folhas, novas flores, novos troncos...
E quem sabe sentir de novo o toque aveludado e macio das tuas frágeis pétalas no meu corpo, a força do abraço dos teus troncos que me aquecem com folhagens douradas.
Espero por ti, minha flor.
Não esperas a primavera para chegares.
publicado por nOgS às 14:12

comentário:
Queria que fosse primavera o ano todo. Pois é na primavera que temos a noção da essencia das flores. O efeito que elas nos provocam...
Tá muito giro este teu texto! ;) Beijoca
Da_SiLvA a 12 de Fevereiro de 2006 às 20:29

mais sobre mim
Fevereiro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
16
17
18

20
21
22
23
24
25

26
27
28


pesquisar neste blog
 
RSS